blog

blog

21/06/2012

Como os deprimidos usam a internet, Pesquisa relaciona depressão e a internet

De que forma você gasta o tempo online? Checa o e-mail compulsivamente?


De que forma você gasta o tempo online? Checa o e-mail compulsivamente? Assiste a um monte de vídeos? Vive pulando entre os vários aplicativos da internet, de jogos a download de arquivos e salas de bate-papo?
Nós acreditamos que seu padrão de uso de internet diz algo a seu respeito. Especificamente, nossa pesquisa sugere que ele dá dicas do seu bem-estar mental.
MSNNum estudo a ser publicado numa edição futura da revista "IEEE Technology and Society Magazine", nós e nossos colegas descobrimos que estudantes com sinais de depressão costumam a usar a internet de forma diferente de quem não apresenta tais sintomas.
Em fevereiro de 2011, recrutamos 216 universitários voluntários da Universidade de Ciência e Tecnologia do Missouri. Primeiro, fizemos os participantes preencherem uma versão de um questionário chamado Escala de Depressão do Centro de Estudos Epidemiológicos, amplamente empregado para medir níveis de depressão na população em geral. A pesquisa revelou que 30 por cento dos participantes atendiam aos critérios dos sintomas depressivos. (O número estava alinhado às estimativas nacionais segundo as quais de dez a 40 por cento dos estudantes universitários vivenciam tais sintomas em algum momento.)
A seguir, o departamento de tecnologia de informação da universidade nos deu os dados de uso da internet do campus dos participantes, para o mês de fevereiro. A intenção não era xeretar o que os estudantes procuravam ou para quem enviavam e-mails; meramente serviu para monitorar "como" estavam usando a internet, com dados sobre o fluxo do tráfego que a universidade costuma coletar, por exemplo, para consertar conexões de redes problemáticas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

friend

propaganda

▲ Topo