blog

blog

18/06/2012

Vistoria encontra armas, drogas e celulares sob piso de prisão, em PE


Operação na Barreto Campelo, em Itamaracá, ocorreu nesta segunda (18).
Material estava em pavilhão onde estão presos assaltantes e estupradores.
Celulares e carregadores, armas brancas, drogas e cachaça artesanal foram encontrados nesta segunda-feira (18) durante uma fiscalização na Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, na Região Metropolitana do .
Vistoria na Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá (Foto: Divulgação/ Secretaria de Ressocialização)
Cento e vinte agentes penitenciários e policiais militares participaram da operação, que vistoriou o Pavilhão B da unidade, onde estão os presos que cometeram assaltos, seqüestros, homicídios e estupros. A maior parte do material apreendido estava escondida debaixo do piso.
Vistoria na Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá (Foto: Divulgação/ Secretaria de Ressocialização)
Ao todo, foram localizados 15 celulares, sete chips, cinco carregadores e 32 leitores de cartão; 170 pacotinhos de maconha, 49 papelotes de cocaína, 37 pedras e 20 gramas de crack; 36 facas, 21 facões e 13 foices artesanais; dez facas, quatro foices e dois facões industrializados. Algumas dessas facas estavam escondidas embaixo do lixo, em um carrinho de mão.

"Às vezes, visitas e familiares trazem isso. Agentes [penitenciários] também podem estar envolvidos nisso. Por isso, estamos reforçando as vistorias para diminuir essa entrada", disse o diretor da Barreto Campelo, coronel Benício Caetano.

A assessoria de comunicação da Secretaria de Ressocialização (Seres) não soube informar se, atualmente, algum agente penitenciário está afastado do cargo por facilitar a entrada de armas dentro da Penitenciária Barreto Campelo. Esse tipo de investigação ocorre em segredo, na Corregedoria da Seres.

No último dia 8 de junho, agentes penitenciários descobriram que detentos escondiam armas e drogas embaixo do piso do pátio. A Barreto Campelo tem 12 pavilhões superlotados. A capacidade é de 630 presos, mas, atualmente, 1.982 detentos cumprem penas na unidade prisional.
Vistoria na Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá (Foto: Divulgação/ Secretaria de Ressocialização)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

friend

propaganda

▲ Topo